A Garganta da Serpente

Sidnei Olivio

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

trama alimentar

a semente germina
magicamente
resgata do chão
a vida decomposta
e se posta altiva
auto produtiva
numa verde plantação
mas suas espigas arranca
com incisivos cortantes
um roedor incauto
saciando o desejo
da fome constante
sem perceber
que à dois metros distante
um ofídio espreita
a cumprir seu ofício
de carnívoro voraz
mas rastejando de volta
farto e satisfeito
não observa do alto
em asas montado
rapinante predador
que retornando ao ninho
com a presa nas garras
devolverá à terra
em seu devido tempo
o elemento preciso
à um outro vegetal.


(Sidnei Olivio)


voltar última atualização: 25/09/2006
38660 visitas desde 01/07/2005
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente