A Garganta da Serpente

Lu Freire Sanches

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Silêncio&Noite

Noite, Solidão.
Noite Fria,O Silêncio.
Porém ainda mantenho...
O Calor da espera.
Surge a Lua,vestida de prata!
As estrelas.
Eu,a Noite, a Lua, as Estrelas
E no silêncio do meu olhar...
A procura de ti.
e por um momento...
Sinto a Paz.
E tenho a certeza...
Que sua Alma,
Acabou de tocar em meu rosto...
Meus cabelos.
Adormeço.


(Lu Freire Sanches)


voltar última atualização: 06/07/2007
11498 visitas desde 01/07/2005
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente