A Garganta da Serpente

Lu Freire Sanches

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Sem O Sol

A cada Pôr do Sol.....
Procuro entrar, em sintonia com você...
Meu olhar fica perdido....
No horizonte infinito.
E assim vejo chegar o Entardecer.

E a cada Luar,procuro minha Estrela...
Aquela que você escolheu para mim...
E assim a Noite Chega.

E com o silêncio e a Paz!
Porém o Vazio...
Olho para o céu e ele está sem a Lua...
Sem aquela Estrela...

E assim entro pela madrugada...
Insônia.....Sem Você...Sem Estrela...Sem Lua.

Ao Amanhecer.......
Acordo para a realidade...
É assim......Sem O Sol! Sem Você!


(Lu Freire Sanches)


voltar última atualização: 06/07/2007
11501 visitas desde 01/07/2005
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente