A Garganta da Serpente

Líria Porto

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

passe-livre

quando a foice do destino
ceifar de mim as estrelas

vai me encontrar prevenida
não sou de arrastar sandálias

já vivi suficiente
das cangalhas me livrei

aprendi a bater asas
a circular sem fronteiras

marquei encontro com lúcifer
no portãozinho de entrada


(Líria Porto)


voltar última atualização: 23/02/2011
24002 visitas desde 01/07/2005

Poemas desta autora:

Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente