A Garganta da Serpente

Gabriella Slovick

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Nascidos da terra

Olha lá o homem!
Quem grita?
É outro homem...
Este perdeu-se
e aquele encontrou-se.
Olha lá!
Para de gritar!
E vários homens,
um de cada vez,
correm aflitos para casa.
Como era boa a caverna!
Olha lá!
Que horror! É o homem!
E o homem inventou a dor.


(Gabriella Slovick)


voltar última atualização: 10/05/2017
10185 visitas desde 23/05/2006

Poemas desta autora:

Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente