A Garganta da Serpente

Delasnieve Daspet

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Afinal, quando nasceu Jesus?

Todos os anos comemoramos
No dia 25 de dezembro o nascimento de Jesus,
Que veio ao mundo nos ensinar a amar.
.
Todos sabemos que, na verdade,
Ele não nasceu nesse dia,
Apenas uma data provável.
Afinal, quando nasceu Jesus?
.
Para Francisco de Assis,
Jesus nasceu quando despojou-se de tudo
Para segui-lo, em Assis.
.
Para Pedro, Ele nasceu -
quando o galo cantou,
Pela terceira vez!
.
Para Lázaro
quando O ouviu chamar:
"Levanta, e vem para fora!"
.
Para Saulo - no caminho de Damasco,
Quando O ouviu interpela-lo:
"Saulo, Saulo - por que me persegues?"
.
Para mim, Jesus nasceu e nasce todos os dias e horas.
Quando criança - no amor de meus pais e de minha irmã;
Quando meu olhar se perdia, embevecida,
Nas curvas do Rio Tereré;
Nos gorjeios dos pássaros, pela manhã,
No Rancho Alegre, lá em Porto Murtinho
De minha meninice.
.
No vôo rasante das aves de rapina,
Na manada de caititus,
Na onça pintada, sempre à espreita,
No mugido das vacas no mangueiro,
Dos peixes de nossos rios de águas límpidas,
Nos cerrados do Pantanal.
.
Quando a chuva tamborila e renova a terra;
Quando o sol nasce e se põe entremeado pela lua,
Quando o vento sul limpa o céu
Que se anila de alegria.
.
No amor terno e eterno que vivencio;
Quando segurei em meus braços,
Pela primeira vez, os meus filhos;
Nos meus pequenos animais,
Nas crianças que escolhi acompanhar.
.
Nos amigos ternos e fieis,
Que tenho pelo mundo,
No carinho que recebo de pessoas que nem conheço;
No sorriso triste do faminto,
Nos abandonados de toda sorte,
Nas mãos estendidas,
Na velhice solitária.
.
Nos que tem fome de atenção,
De uma palavra terna e amiga;
No sorriso de uma criança...
Em todos esses momentos,
Jesus nasceu!
.
Nasce todas as horas,
Quando - em versos - canto a minha poesia,
Exerço a faculdade da escolha,
.
Diariamente, tenho oportunidade,
De vivenciar o Seu nascimento;
E, é nesses momentos que se cumpre
A promessa de um novo tempo!

(DD_Campo Grande - MS, 15 de dezembro de 2010 -
Publicado em 25 de dezembro de 2010 no jornal "O Estado de Mato Grosso do Sul - Caderno Arte&Lazer - C5)


(Delasnieve Daspet)


voltar última atualização: 25/04/2017
16953 visitas desde 01/07/2005

Poemas deste autor:

Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente