A Garganta da Serpente

André L. Soares

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

INTEIRA

Perdoa,...
Por ser falso
Ante toda tua verdade;
Quase alheio
À tua doce presença;
Por ser o teu exclusivo,
Tu que nunca és minha primeira.
Perdoa,...
Por sempre voltar aos cacos
A ti...
Que somente vens inteira.

(07.08.05 - V. Velha/ES)


(André L. Soares)


voltar última atualização: 16/09/2007
11222 visitas desde 16/09/2007
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente