A Garganta da Serpente

Aline Aimée

  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

haja tempo

tudo passa em progressão lenta
o que é fugaz não foge à moros(idade)
faces gêmeas a turvar os olhos:
- quando foi? já? ainda não?

rezo para que haja tempo
e haverá
falta força pra lançar minha rede
fria, puída
onde me recosto

haverei?


(Aline Aimée)


voltar última atualização: 19/04/2011
15014 visitas desde 19/04/2011
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente