A Garganta da Serpente
ajuda
 
 
  versão para impressão
Esopo
recomende esta página


O burro, o cachorro, o macaco e o homem
(Esopo)

Deus criou o burro e disse: obedecerás ao homem, carregarás fardos pesados nas costas e viverás 30 anos. Serás Burro.

O burro virou-se para Deus e disse: Senhor! Ser burro, obedecer ao homem, carregar fardos pesados e viver 30 anos? É muito Senhor, bastam apenas 10.

Deus criou o cachorro e disse: comerás os ossos que te jogarem ao chão, tomarás conta da casa do homem e viverás 20 anos. Serás Cachorro.

O cachorro virou-se para Deus e disse: Senhor! Tomar conta da casa do homem, comer o que jogarem no chão e viver 20 anos? É muito Senhor, bastam-me apenas 10.

Deus criou o macaco e disse: pularás de galho em galho, farás macaquices e viverás 30 anos. Serás Macaco.

O macaco virou-se para Deus e disse: Senhor! Pular de galho em galho, fazer macaquices e viver 30 anos? É muito Senhor, bastam-me 20.

E Deus fez o homem e disse: serás o rei dos animais, dominarás o mundo, serás inteligente e viverás 30 anos.

O homem virou-se para Deus e disse: Senhor! Ser rei dos animais, dominar o mundo, ser inteligente e viver 30 anos? É pouco Senhor! 20 anos que o burro não quis, 10 anos que o cachorro recusou e 10 anos que o macaco não está querendo, dá a mim Senhor, para que eu viva pelo menos 70 anos.

Deus atendeu ao homem. até 30 anos o homem vive a vida que Deus lhe deu. É Homem.

Dos 30 aos 50 anos, o homem carrega pesados fardos nas costas para sustentar a família. É Burro.

Dos 50 aos 60 anos, já cansado, ele passa a tomar conta da casa. É Cachorro.

Dos 60 aos 70 anos, mais cansado, ainda, ele passa a viver aqui, ali, na casa de um filho e de outro e faz gracinhas para as crianças. É Macaco.

Esta é a realidade da vida. De nada adianta o dinheiro, o orgulho e a vaidade, se todos nós temos que passar por estas fases.

10068 visitas desde 10/03/2006

xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx xxx
   
 
Últimas fábulas:

O cão fugitivo (Esopo)

A língua e os dentes (Leonardo da Vinci)

O lobo e os pastores (La Fontaine)

As lebres e as rãs (Esopo)

O testamento da águia (Leonardo da Vinci)

A lebre e a perdiz (La Fontaine)


» Todas as fábulas

» Listar autores



Copyright © 1999-2013 A Garganta da Serpente
Direitos reservados aos autores  •  Termos e condições  •  Fale Conosco www.gargantadaserpente.com