A Garganta da Serpente
Cobra Cordel literatura de cordel
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Cordel da Mulher

(Gustavo Dourado)

Homenageio à Mulher
E faço deferimento
A mulher é nossa luz
Estrela do pensamento
Uma galáxia infinita
Nas ondas do firmamento...

Sem mulher não tem História
Nem vida nem nascimento...
Da mulher nasceram deuses
E o Deus do sentimento...
Nasceu Buda, Jesus, Zeus
E muita gente de talento...

A mulher é a semente
Que germina a humanidade...
Dá mulher brota o homem
Fecunda a sociedade...
Sem mulher não se tem graça:
Se tem mulher... há liberdade...

Da mulher nasceu o Cristo
Gandhi, Lennon, Maomé
Santos Dumont, JK
Castro Alves e Pelé
A mulher faz a História:
Com amor, trabalho e fé...

Da Mulher tudo provém:
Até mesmo a divindade
Desconfio que o Deus
Tenha feminilidade
Na costela da mulher:
Nasce a felicidade...

No umbigo da mulher
Germina a panacéia
No olhar da Pitonisa
Na boca de Almathéia
Na coração do planeta:
Palpita a alma de Rhéa...

Salve a mulher todo sempre
Todo hora, dia e ano ...
Na mulher eu me inspiro
Na sereia do oceano
Nas Amazonas dos rios:
Mulher em primeiro plano...

Nota 1000 às mulheres
Por tudo o que elas são
A Mulher é Natureza
É a beleza em ação
A Eternidade é Mulher:
Num infinitom coração...

4909 visitas desde 8/03/2006

LEIA OUTROS CORDÉIS DESTE AUTOR:
Selecione o ckeckbox ao lado para abrir os cordéis em uma nova janela
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com