A Garganta da Serpente
Artigos Envenenados textos sobre literatura
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

A força das palavras

(Marcial Salaverry)

A real força do mundo, está nas palavras, sejam as ditas, sejam as escritas. Mas as palavras escritas tem mais força, porque é algo que fica marcado, enquanto aquilo que é dito pode ser mais facilmente desdito do que aquilo que foi deixado por escrito.

Uma declaração de amor feita por palavras sempre merecerá crédito, mas se for escrita, será mais bem aceita. Passa a impressão de maior sinceridade, pois a pessoa amada deixou como que um documento da declaração.

Se falarmos por telefone que estamos com saudade de alguém, certamente terá o sentir entendido, mas escrever, dizendo de sua saudade, terá maior efeito. Será algo que não ficará apenas na memória, mas diante dos olhos. O bilhete poderá ser lido e relido.

Da mesma forma, se falar da tristeza que uma ausência produz. Fazendo por escrito, servirá como alivio, tanto para quem escreve, como para quem lê. Minimiza um pouco a dor da ausencia.

São assim são as palavras escritas. Elas indiscutivelmente possuem como que um magnetismo especial, sempre trazendo alivio para quem as lê, libertando mais as emoções, acalentando, dando uma certa tranqüilidade quando alentadoras.

Principalmente com o advento do computador, elas são capazes de, em poucos minutos, cruzar mares, ultrapassar grandes distancias, levando palavras para todos os cantos do mundo em poucos segundos.

Em muitos casos, pode-se perder o autor da mensagem, mas ela sobreviverá ao tempo, deixando sua marca indelével, podendo sobreviver, atravessando séculos e gerações.

Elas marcam um momento que será para sempre revivido por todos aqueles que as lerem.

Vejam que os livros são escritos que atravessam séculos, e a qualquer momento, e em qualquer época poderão ser lidos, deixando para sempre registrada a presença de seu autor.

Podemos tudo fazer com as palavras, sejam as escritas, sejam as faladas. Poderemos falar de amor, e amar intensamente. Poderemos provocar e matar saudades. Poderemos pedir, e conseguir aquele perdão de que necessitamos para aliviar uma culpa passada.

Muitas vezes um simples Bom Dia, tem um efeito muito especial. Poderemos fazer um carinho para alguém que está triste, oferecendo-lhe palavras de consolo.

Vamos sempre nos lembrar da força das palavras e saber como bem usá-las, para alegrar ao invés de entristecer, acarinhar e não ferir, consolar e não irritar.

"Quem escreve constrói um castelo, e quem lê passa a habitá-lo"

Sábias palavras de meu amigo L'Inconnu.

Com este convite incentivando minhas queridas crianças a ler e escrever mais, desejo UM LINDO DIA.

  • 3363 visitas desde
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente