A Garganta da Serpente
Artigos Envenenados textos sobre literatura
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Poder da Palavra do Povo

(Ivaldo Gomes)

A linguagem popular oral termina virando palavras escritas. E seus significados são uma marca da cultura de um povo. Aqui no Nordeste do Brasil temos quase que um dialeto próprio. Todos conhecem as várias tentativas de listar em forma de ‘dicionário’ essas palavras típicas da cultura nordestina. Aqui na Paraíba onde vivo, temos todo um linguajar próprio e que se distingue de outras partes do país. Resolvi listar essas palavras e seus significados numa tentativa de levantar o maior número de palavras possíveis (é claro que faltam centenas de outras). Dai que proponho dá um ponta pé inicial e vocês que tiverem acesso a esse rol de palavras podem ir acrescendo ou até esclarecendo melhor o seu verdadeiro sentido no ato de dizer, de falar, enfim no ato de se expressar.

Vocês vão se surpreender com a quantidade de palavras criadas pela nossa inteligente, sarcástica e até engraçada linguagem popular. Vejam só as palavras que já consegui catalogar abaixo:

Abestalhado – bobo... retardado... alezado...
Abuticado – com os olhos arregalados... bem abertos...
Acunhar – ‘os presentes acunharam na vaia o discurso do político desonesto’... reagir...
Aguado – sem açúcar...
Amarrado – avarento... seguro... sovina... tacanha... mão-de-vaca... mão fechada...
Amigado – que vive com outro sem ser casado legalmente...
Amuado – que fica com raiva, contrariado... chateado...
Amundiçado – sem educação... que não sabe se comportar ou se servir a mesa...
Ancha – toda contente... feliz... ‘ficou ancha quando soube’...
Apurrinhar – encher o saco... torrar a paciência...
Apusso – na marra... a força... na base da pressão...
Ariado – perdido... confuso... fora de si...
Arisia – conversar besteira... falar bobagem... dizer abobrinhas....
Arretado – muito bom... legal... bom demais...
Arriado – adoentado... de cama.... doente... pode ser também entendido como apaixonado... caído de amores... arriado os quatros pneus...
Arrochado – corajoso... sem medo... valente... destemido...
Arrombado – com muita sorte... sortudo...
Arrudeio – que fica enrolando... conversa comprida... sem dizer o que tem quer ser dito...
Avexada – apressada... com pressa...
Azilar – ficar sem fazer nada... enganando...

Bacamarte – arma de fogo... espingarda de apresentação folclórica...
Bagaceira – desgraça... desastre... ficou a maior bagaceira....
Bambo – está balançando... quase caindo...
Barruada – batida de frente... colisão de automóveis ou pessoas...
Bigodete – jovem... adolescente...
Bixiga – é usado no sentido de afirmar que o cara é um danado... um bixiguento... um safado... um bixiga lixa...
Boiar – que sobrou... que ficou de fora... que restou...
Bumba-meu-boi – bricadeira popular... folclore nordestino...
Brebote – qualquer coisa... besteira...
Bruaca – mulher feia... mulher desajeitada...
Bruguelo – menino... recém nascido...
Bufá - peido... pum... gases...
Bufete – porrada... murro... tapa...
Bulir – bulir com a moça... ofender a moça... fazer sexo antes do casamento...
Burrego enjeitado – filhote de carneiro... diz-se de pessoa que não sai dos cós da gente...
Butico – cú... anus...
Butuca – de olhos abertos... esbugalhados... de ‘butuca ligada’... prestando bem atenção...

Cabaça – recipiente de guardar água... pólvora... farinha...
Cabaço – diz-se da mulher que é virgem... que nunca teve relação sexual...
Cabueta – dedo duro... traidor... entreguista...
Cabrueira – gente da classe popular... gente do povo...
Cachete – comprimido... drágeas...remédio...
Caco – pedaço de qualquer coisa quebrada... caco de telha... caco de dente...
Cagão – que faz cocô com facilidade... que tem medo... medroso... frouxo... covarde...
Canga – para amarrar os bois um ao lado do outro... prender...
Cangaceiro – homens que eram perseguidos pela polícia... fora-da-lei...
Cangaço – atribuição ao movimento de homens perseguidos pela polícia... foras-da-lei...
Cangaia – levar chifres... ser traído pela mulher ou homem com quem se vive...
Cangalha – tipo de equipamento que se coloca nas costas dos animais para carregar coisas... transportar alimentos... cargas diversas...
Cangapé – pulo que se dá para mergulhar na água... salto ornamental... mergulho estilizado... cambalhota...
Canguêro – que só faz besteira no transito... andar canguêro... de urubu canguêro...
Capenga - que pende de um lado... que arrasta um lado.... que fica torto...
Capote – roupão para o corpo inteiro... serve para proteger do frio... da chuva...
Caritó – ficar sem casar... solteirona... solteirão...
Carraspana – se embriagar... beber muito.... ficar bêbado... tomar todas...
Carrêgo – carregado... indigesto... difícil de engolir...
Cascudo – golpe com as pontas dos dedos de uma mão fechada sobre a cabeça...
Catabi – carro quando cai no buraco... ser sacudido bruscamente...
Catiripapo – supapo... porrada.... batida.... murro.... tapa....
Catota – meleca... sujeira do nariz...
Catraia – rapariga... prostituta... mulher feia... desajeitada... pequeno barco de aproximação...
Catrevagem – coisa ruim... coisa sem valor...
Chamboque – pedaço... arrancou o chamboque do pé na topada... as paredes estavam cheias de chamboque... buracos...
Cheta – tirar onda... soltar uma graça... fazer piada... debochar...
Cipuada – pancada forte... lapada... cacetada...
Cocada – doce de côco em forma quadrada e/ou em tabletes...
Coió – que está gasto... acabando-se... no fim... que está fraquinho...
Cocho – de servir comida pra animal...
Coxo – que puxa de uma perna... que tem uma perna menor que outra....
Cri-cri – que pega no pé... impertinente.... insistente... inconveniente...
Cruzeta – enrolado... complicado... coisa ruim...
Currulepe – chinelo preso ao dedo feito em couro...

Distreinado – que está sem pratica... que anda parado... desatualizado...
Disunerar – perder a consistência... desandar... que não deu certo... que ficou diferente...
Doidin – maluco... doente mental... ‘doidin de paixão’... ‘doidin de atirar pedra na lua’...
Donzela – moça que nunca teve relação sexual...

Escapolir – fugir... conseguir escapar...
Empaxada – com o estômago cheio... digestão difícil... incomodo estomacal...
Engalhado – que ficou preso... enganchado... que levou chifre...
Entojo – enjoado... que enche o saco...
Entronchar – ficar torto... envergar... virar o rosto em atitude de desprezo...
Enturido – entupido... com prisão de ventre...
Escarcela – pasta de guardar documentos...
Escanchado – sentar de pernas abertas... pendurado....
Esgulepado – desgovernado... sem equilíbrio... mole... que cai pra todo lado...
Espírito de Porco – coisa ruim... de má índole... prezepeiro....
Estoporado – cançado... com muita sede... sem energias...
Estribado – cheio de dinheiro... que tem muito... está com tudo...

Fió – filho...
Fiá – filha...
Fiteiro – pequeno estabelecimento comercial móvel... carrinho de mercadorias...
Folote – folgado... frouxo... arrombado...
Frasqueira – mala feminina... gente pequena... sem educação...
Fresco – homosexual... viado... boiola...
Frexêro – salto ornamental de frente... pulo n’água... mergulho...
Fubá - farinha de milho...
Fubeca – ruim... de má procedência... coisa sem valor...
Fubento – perdeu a cor... a beleza... ficou fubento...
Fuinha – cara de desconsolado... sem vergonha...
Fulô – flor...
Fulustreca – fulaninha... mocinha... aquela ali...
Furdunço – confusão... briga.... desentendimento...
Furico – cú... anus...
Futi – feio... horrível...
Futrica – briga... confusão.... fofoca... leva e traz...

Gaia – chifre... chifrudo... corno... traição amorosa...
Gamela – recipiente para servir alimentação a porcos... normalmente feito de madeira...
Gastura – sensação de aflição no estômago... passar mal...
Gauribada – dá um ajeitada... cuidar para ficar melhor... dá uma arrumado... fazer uma meia sola.... um concerto feito de forma precária...
Goipada – regorgitar... vomitar... golfar...
Gota Serena – brabeza... com muita raiva... com a gota serena...
Guelar – roubar... subtrair... passar a mão no alheio...
Guenzo – sem raça... vira-lata... desqualificado...

Imburacar – entrar de supetão... inesperadamente... surpreender...
Impaiá – atrapalhar... atrasar... impedir...
Incangado – junto... ao lado... abraçado...
Increu dos infernos – sem fé... ateu... hereje...
Incricriado – enrugado...
Ingrisia – criar caso... fazer confusão.... se indispor...
Inguiá – ter vontade de vomitar... passar mal... refluxo...
Inhaca – mau cheiro... fedentina... suvaqueira...
Insacar – arrumar a camisa dentro da calça...
Intuí – um monte de entulho... lixo...
Intupido – fechado... que não passa... obstaculado...
Isonô – sem dormir...
Istopô – com raiva... bravo... ‘fulano está com o ‘istopô balai’, com muita raiva, furioso...

Jegue – burro... jumento.... desinformado...
Juntada – batida... barruada...

Lachar – trincar...
Lapiseira – de fazer ponta de lápis... apontador...
Leriado – alezado... fora de si... abestalhado...
Lezo – besta... imbecil... demente... bobo...

Maçada – fazer esperar... dá maçada...
Magote – monte de gente... grupos de pessoas.... animais.... coisas....
Mandrião – maçante... vagaroso... descansado... se diz de pessoa que não quer fazer nada... preguiçoso...
Mangar – fazer troça... mangação... gozar do outro...
Marmota – coisa feia... coisa estranha...
Mé – cachaça... pinga...
Meiota – metade de uma garrafa de cachaça...
Meizinha – receita de remédio caseiro... chá...
Melado – sujo...
Meleca – sujeira do nariz... catota...
Mequetrefe – homem desclassificado... sem valor...
Mistura – acompanhamento do almoço... carne.... derivados de animal...
Miunçalha – coisa miúda... variedades de coisas pequenas...
Mixaria – coisa pouca... barato... quase nada.... quase de graça...
Mói – mói de coisa... mói de gente.... mói de coentro...
Muido – comentário... fofoca... disse-me-disse... maior falação...
Mulambo – pedaço de pano... roupa velha...
Mulesta dos cachorros – está com o diabo no couro... alterado... brabo...
Mundiça – sem educação...
Munganga – fazer careta... trejeitos...

Ôxi! – expressão de espanto... surpresa..

Pabulage – que conta vantagem... que se vangloria...
Pantim – se esconder... fazer de conta... disfarce...
Papafigo – lenda do homem que se alimentava de fígado de crianças para que suas orelhas não crescerem... botar medo em criança...
Papangú – personagem mascarado que sai nos carnavais de rua do nordeste...
Pastorar – tomar conta... ficar de olho... vigiar...
Peba – ruim... coisa sem valor...
Pé-de-cabra – barra de ferro para arrombar portas e cadeados...
Pé-de-mesa – pênis grande e grosso...
Peido – pum... gases...
Peinha – quase nada... coisa pouca.... por pouco... por uma peinha de nada...
Peitica – confusão... encrenca... implicância... despeito... desrespeito...
Peste – coisa ruim... desgraçado... uma peste...
Picuinha – fazer confusão... fofoca... leva e traz... implicar...
Pifute – peido... pum... gases... bufa...
Pingunço – bêbado... alcoólatra...
Piola – ponta de cigarro... guimba...
Pipôco – tiro... barulho... explosão...
Pitisqueira – armário de guardar petiscos... pratileira... cristaleira...
Ponche – suco... refresco...
Poncheira – recipiente onde se guarda o ponche...
Presepada – aprontar com o outro... fazer sacanagem... pegadinha...
Puxavanco – puxar com força... deu um puxavanco no cabelo...

Quenga – puta...
Quengo – cabeça... metade de um côco....
Quinta coluna – traidor... delator...

Rabissaca – desprezo... indiferença... virar a cabeça com força... fazer que não viu... ignorar...
Reimoso – que é de difícil digestão... que é ruim pra saúde... que pode inflamar...
Remanchoso – que faz devagar... maçante... preguiçoso...
Reca – grupo de coisas ou pessoas...
Roncha – pancada... hematoma... mancha de cor violeta...
Ruma – monte de coisas...

Sustança – que tem força... que é forte... que alimenta...

Taco – pedaço...
Talagada – gole de cachaça... de água...
Tamburete – banquinho pequeno... anão...
Toitiço – gordura atrás do pescoço...
Torar – partir... quebrar... separar....
Traíra – traidor... judas... nome de peixe...
Tratante – que não cumpre o trato... que não cumpre os acordos...
Trepeça – coisa ruim...
Troncho – torto... envergado...
Tuia – monte...

Varei! – expressão de surpresa... de admiração... de constatação...
Vêio – velho... senhor...
Visse! – expressão de chamar atenção... destacar algo...
Vote! – expressão de reprovação... de surpresa... de negação...

Xingar – dizer desaforos...

Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente