A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

METAL,CONCRETO E ALMA

SÃO PAULO É VERTICAL
CHEIA DE CAOS E DRAMAS
MAS SÃO PAULO AMA
VIOLÊNCIA É O QUE NÃO FALTA!
MAS TAMBÉM NÃO FALTA AMOR

SÃO PAULO AMA EM TODOS OS CANTOS, AMA EM TODAS AS CORES, RAÇAS E CASTAS.
SÃO PAULO AMA EM SEUS ALTOS E BAIXOS, EM SEUS PRÉDIOS E ESQUINAS, NAS FAVELAS E PISCINAS.
SÃO PAULO AMA COMO MÃE. NÃO DISTINGUE PÁTRIA NEM NADA. APENAS RECEBE E CADA BAIRRO É COMO O QUARTO DO FILHO QUE A MÃE TEIMA EM MANTER.

BUZINA, ESTACAS, GRITOS , TIROS E POLUIÇÃO SE HARMONIZAM COM O CANTO , AS FLORES E A POESIA.

AH SÃO PAULO! COMO EU CONHEÇO BEM VOCÊ.
NAS MANHÃ CHUVOSAS DESPERTA COMO A AMANTE PREGUIÇOSA QUE CUSTA A LEVANTAR E QUE COM O PASSAR DAS HORAS VIRA MÁQUINA EMBALANDA ATÉ O ANOITECER E QUANDO VOLTA PRA CASA BEIJA O SEU AMADO E LHE COBRE COM O PRÓPRIO CORPO SENDO ESSE SEGURO COMO UM TETO OU SELVAGEM COMO UM VIADUTO.



ALEXANDRE REZENDE

(SÃO PAULO / POMPÉIA)
postado em 06/5/04
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com