A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

A Vida na Metrópolis

A cidade é minha rua
As avenidas é meu quintal
as arvores é meu jardins
Em volta de um mar azul

Falar de São Paulo
É muito fácil para mim
É minha cidade querida
Que me adotou no seu coração

Todos chegam aqui de longe
sem conhecer seu coração
Mais com trabalho e dedicação
vai abrindo suas veias
do seu imenso coração

Acolhe todos no seu braço
sem rejeitar seus carinhos
Todos ficam acolhido
pela sua forma de carinho
São Paulo é uma mãe
Carregando seus filhos querido.



Edilley Clovis Possente

(Paranaense,que ama muito são Paulo,des de 1973.)
postado em 12/1/04
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com