A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

primavera


PRIMAVERA

A aurora desponta...
A manhã límpida e serena esparziu sua doce luz
Por aquela terra convulsa.
No meio dos sobejos das borrascas as farpas dos
Penedos e o solo revolto o tenro grelo de uma
Semente rompia o seio da terra e a flor azul
De uma trepadeira estrelava suas pétalas aveludadas,
Realçando a primavera



Gilson santos de jesus

(São Paulo/SP baiano que vive em diadema spdesde 1980 apaixonado por poesia.)
postado em 06/10/06
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com