A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Linhas apagadas

Deram-se as mãos.
Abstratas linhas se confundem

Vida
Destino
Coração

Passam-se as juras nos suores,nos odores.
Provam-se das bocas o mel.
Plasmam-se os corpos pensando eternos os anos seus.

Agora, deslizando as palmas,
marejando os olhos,
linhas apagadas.

Vida
Destino
Coração

Adeus.



Golbery Chaplin, FRC

(Paulista, vive em Rio Grande )
postado em 28/2/06
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com