A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Meu São Paulo

São Paulo do meu medo:
suas ruas sinuosas
suas rosas malcheirosas

São Paulo da minha angústia:
suas paredes antigas
seus prédios mortos

São Paulo da minha agonia:
seus bares tumulares
tumultos tormentuosos

São Paulo do meu desespero:
seu barulho, seu barulho
seu entulho sonoro

São Paulo da minha tristeza:
sua beleza, realeza das trevas
suas mulheres suadas

São Paulo do meu coração!



Ricardo de Souza Leandro

(Paulistano de Guarulhos)
postado em 04/5/04
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com