A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

São Paulo são pessoas

Casas amontuadas
Casas bem construídas
Pessoas maltratadas
Pessoas bem vividas

Cada qual com sua verdade
Nos meus olhos
Só o que vejo
Com uma visão da cidade

Que tamanho tem São Paulo?
Um tamanho infinito
A cada um lhe cabe um amor
O motivo de um sorriso

Como cabem também dores
De quem investiu tudo nisso
Saiba o número de habitantes
Saberá quantas São paulos há
Eu só um
Não posso mal ou bem falar

Vai São Paulo
Se encontrar
Abraçar as frases de alguem
Que melhor lhe julgar



Robson Rodrigues da Silva

(Paulista mesmo)
postado em 16/1/04
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com