A Garganta da Serpente
  • aumentar a fonte
  • diminuir a fonte
  • versão para impressão
  • recomende esta página

Outono

A chuva fina escorre pelos telhados
Pelo longo asfalto e nas Vidraças já marcadas
pelo tempo.
A neblina se dispersa
Como um véu flutuante que Repousa sobre sua noiva
Que espera ansiosa o Despertar de mais um dia
Dias de outono e de Esperança
Que se reconhecem nos olhares tensos
E felizes na rua São Caetano...



Isabella Roseno

(Paulistana da Periferia)
postado em 10/7/04
Copyright © 1999-2017 - A Garganta da Serpente
http://www.gargantadaserpente.com